Categoria: Estética

Estética corporal da mulher atual: escolha entre 8 fotos

Estética corporal da mulher atual: escolha entre 8 fotos

Escolha o seu ideal favorito entre essas 8 fotos de mulheres diferentes , seu corpo ideal, sua composição corporal desejada ou o que mais você admira. Se você é uma mulher ou um homem, escolha o seu número e deixe-me um comentário no artigo para conhecer a estética corporal da mulher que você prefere hoje. As mulheres têm sido equiparadas a homens nos esportes?

Obviamente, existem muitos outros tipos de mulheres, tais como sedentarismo, excesso de peso, etc, no entanto, sendo uma revista digital de esportes nos limitamos a apenas exemplos de atletas. Falamos de tipologias na estética do esporte e do corpo, mas não é necessário, nem ser saudável, nem ser um atleta para alcançar esse tipo de corpo . Em qualquer caso, lembre-se de que, se não houver exercício físico, a saúde é sempre pior. O exercício é essencial, o que deve ser prescrito é o tipo e dose em cada caso.

Objetivo do artigo
A principal razão para este artigo, em que a maioria das pessoas que comentam e veem essa publicação são atletas e, portanto, a opinião será tendenciosa, é verificar se realmente existe uma mudança que tem sido percebida há muito tempo em mulheres e mulheres. esporte

A estética corporal é o ponto de entrada para muitas mulheres em esportes, embora mais tarde percebam que a saúde é a coisa mais importante. Não há muitos anos, as mulheres eram bastante “marginalizadas” na escolha de esportes e tipos de exercícios físicos realizados, com estereótipos sexistas e clichês mais culturais do que fisiológicos.

Por fim, do qual sou feliz como todos que me conhecem sabem, a mulher é igual ao homem , acessa a academia nas mesmas condições e não se limita a fazer cardio a longo prazo e a comer saladas e frutas como costumava fazer. Este post de opinião tem uma reflexão mais profunda do que o mero artigo frívolo que pode parecer à primeira vista.

“O exercício é essencial e saudável se soubermos ajustar bem a dose”
Agora exige, não ter um modelo corporal tipo, fraco e doente, e também procura ser forte, funcional no dia a dia e desenvolver tecido magro , que como todos sabemos é saúde porque uma das mudanças que ocorrem na velhice é a sarcopenia ou perda de tecido muscular.

Finalmente, os tempos acabam quando a mulher busca a proteção de um homem forte e musculoso, porque ela é fraca e frágil ( isso é muito sexista e sexista na minha humilde opinião ). Eu reivindico uma mulher no plano motor ( nas outras esferas, a mesma ) funcionalmente autônoma, atlética, forte e saudável . Parece injusto a imagem que foi forçada a desenvolver nas mulheres no passado.

A mesma “pesquisa” que queremos fazer com os homens , para ver como evoluiu, na seção masculina. É muito possível que os chamados corpos de fitness tenham substituído os mais musculosos provenientes de competições clássicas de fisiculturismo.

Istock 000045068562 Pequeno

Leia também: Transtorno bipolar saiba o que é sintomas e tratamentos
Destaques no RRSS
Com este comentário eu concordo completamente: “A maioria de nós escolhe 4 e 7 porque eles são os dois que são mais marcados como abdominais sem serem exagerados como 1 e 2 ( os 5 ou mencionados ). Mas isso, Josemi, é porque todos nós que temos vocês como ‘amigos’ trabalham ou estão ligados ao mundo do fitness e por isso apreciamos um ‘tablet’ nas meninas , algo que, na minha opinião, a maioria dos homens não gosta ” .

Neste comentário um tema é tocado, embora não enfatize expressamente, se você planeja um caso excessivamente musculoso e definido como a foto número 5: “No meu caso o número seria 8, é na minha opinião o mais bonito e natural, e com natural quero dizer menos sacrificado “.

Muito bom este comentário: “Eu gosto destes três (4,7,8) … mas eu vou tomar o meu que é um 10 !”

Deixe-me o seu comentário, caminhe o artigo para saber a sua opinião , sem considerar os implantes mamários, cujo assunto não é de todo a razão para este post. Todas as opiniões são bem-vindas, mas lembre-se de que, se você não concordar com a de outra pessoa, discuta-a com respeito, para estabelecer um debate saudável e limpo. Primeiro de tudo “Fair Play” sempre na vida. No final, quando vocês comentarem, eu também lhes direi meus favoritos.

Saiba mais: site de estética

Tratamentos estéticos: entenda as diferentes tecnologias

 

Saiba mais: site de estética

Ficar perdida diante da avalanche de nomes high tech nas clínicas de estética? Never more!
Dreno Redux, Power Shape, Mathuns, Phydias… A lista de tratamentos estéticos que prometem afinar medidas, tirar manchas, mandar a flacidez embora, etc, é giga! Com tanta novidade, é facinho se perder no menu das clínicas e consultórios. Ainda mais que muitos tratamentos misturam algumas técnicas pra alcançarem melhores resultados. E sabe qual é o segredo pra dominar a cartilha da estética? Conhecer as tecnologias usadas nos tratamentos. À elas:

LEIA MAIS
+Glamour testou: laser (quase) indolor que promete aumentar os lábios
+Conheça e aprenda a evitar o melasma, a mancha de pele difícil de remover
+Bocão à la Kylie Jenner: top 3 métodos pra amplificar já os lábios
Laser
O que é? Trata-se de um feixe de luz que literalmente queima as camadas mais superficiais da pele. “Se bem aplicado provoca um intenso rejuvenescimento”, comenta Murilo Drummond, dermatologista (RJ).
Onde atua? Face, mãos e colo.
Pra quem é mais indicado? Peles envelhecidas e manchadas.
Quanto custa, em média? Dependendo da área e aparelho a utilizar, em média R$ 600.
Os mais conhecidos: “Os lasers da moda são os chamados fracionados, ou seja, tratam frações da pele, alternando áreas não tratadas e assim a pele recupera bem mais rápido”, afirma.

LED
O que é? A luz do LED promove tratamento reparador e regenerador que atinge camadas profunda da pele, aumentando a elasticidade, reduzindo rugas e linhas de expressão. O processo é chamado de fototerapia. “Os LEDs (Light Emitting Diodes) são diodos de semicondutores que têm o poder tanto de estimular como de inibir determinadas atividades celulares. Processo conhecido como modulação abrangendo assim várias indicações diferentes”, afirma a dermatologista Renata Domingues. É indolor, seguro e gradativo.
Onde atua? Couro cabeludo, face e corpo. No tratamento facial, por exemplo, são usadas três cores
Pra quem é mais indicado? “Por ser um tratamento global, dependendo da indicação, qualquer pessoa pode utilizar”, diz Renata.
Quanto custa, em média? Uma sessão sai em média R$ 130 a R$ 250.
Os mais conhecidos: Fluence, da HTM; Max Led Ecco, da BCMED; Elite Oliympus DMC.

Ultracavitação
O que é? “É um processo de cavitação (bolhas) produzido por ondas mecânicas de alta potência e alta frequência”, explica Renata. Segundo a dermatologista, essas ondas mecânicas atingem a pele e agem especificamente nas células da camada adiposa, resultando na diminuição da espessura e da quantidade da gordura presente em seu interior.
Onde atua? Em áreas com acúmulo de gordura localizada. “É extremamente eficaz na redução de gordura compacta, culotes, adiposidade masculina, etc”, comenta.
Pra quem é indicado? Pra quem possui um pequeno volume de gordura local, como por exemplo abdômen inferior, culotes, braços, joelhos e flancos. “É necessário o mínimo de 1,5 cm de espessura de gordura em média”, explica Renata.
Quanto custa? De R$ 150 a R$ 200, a sessão.
Os mais conhecidos: Sonofocus e Kavix.

LEIA MAIS
+Drenagem Lipossônica Ativa: menos 8cm de barriga em 2h
Eletrolipoforese
O que é? “Também conhecida como eletrolipolise, atua na pele através do uso de microcorrentes específica de baixa frequência que age diretamente nas células de gordura. Podendo ser realizada através da técnica transcutânea (placas) ou percutânea (agulhas)”, explica Renata.
Onde atua? Gordura localizada e celulite, preferencialmente na região do abdômen, glúteos e culotes.
Pra quem é indicado? Pra tratamento de acúmulo de gordura e associações no combate à celulite.
Quanto custa? De R$ 90 a R$ 120 reais a sessão
Os mais conhecidos: Vibria Htm , Neuroyn Ibramed,

Iontoforese
O que é? “Trata-se de uma corrente monofásica. É um método de administração transcutânea (sob a pele) de substâncias que serão utilizadas com propósitos terapêuticos”, diz Renata. Segundo a dermatologista, ele faz parte de protocolos para hidratação, revitalização, pele acneica e combate a celulites.
Onde atua? Pode-se utilizar tanto na face quanto no corpo.
Pra quem é indicado? Para permeação de ativos em qualquer tratamento estético.
Quanto custa? De R$ 80 a R$ 100, dependedo da área a ser tratada.
Os mais conhecidos: Vibria, Stimulus R, Neurodyn.

Endermologia
O que é? Também conhecido como Endermoterapia ou Vacuoterapia, é um tratamento contra celulite, flacidez e gordura localizada. Funciona por meio de uma massagem de sucção, com ventosas com dois rolinhos que são passados por todo o corpo, proporcionando uma massagem profunda e relaxante. “O procedimento de massagem mecânica exerce uma pressão negativa (vácuo) juntamente com roletes”, afirma Renata.
Onde atua? Indicado para todo corpo. Qualquer área que necessite a melhora da celulite, do contorno corporal, retenção de líquidos, melhora de cicatrizes e também no pre e pós operatório.
Pra quem é indicado? Todos, a não ser em casos de lesões e varizes.
Quanto custa? De R$ 90 a R$ 120 a sessão.
Os mais conhecidos: Dermotonus, Beuty Dermo e Cellutec.

Radiofrequência
O que é? Um tratamento estético que reduz a flacidez e rejuvenesce a pele. “A tecnologia emite energia de aquecimento que atuam nos fibroblastos, estimulando a produção de fibras elásticas e colágenas, além de contração delas. Também melhora oxigenação das células, reduzindo processo inflamatório”, ensina a dermatologista Helena Costa.
Onde atua? Qualquer área que haja flacidez.
Pra quem é indicado? Pra quem não tenha flacidez muito acentuada. Em geral, pacientes de 30 a 50 anos.
Quanto custa? R$ 200 a sessão
Os mais conhecidos: Vênus Freeze, Accent.

LEIA MAIS
+Massagem Modeladora Indiana levanta o bumbum na hora!
Microagulhamento
O que é? Uma técnica com microagulhas que promove a produção de colágeno. “As microagulhas penetram na pele, causando micro perfurações. Realizado através de rolo ou caneta automática. A lesão gera um processo cicatricial que estimula produção de colágeno, além de abrir porta para penetrar ativos, chamado drug delivery”, afirma Helena.
Onde atua? Na face, principalmente em rugas, cicatriz de acne, melasma e poros; e também no corpo, em estrias e cicatrizes.
Pra quem é indicado? Todos que queiram suavizar as situações descritas acima.
Quanto custa? De R$ 600 a R$ 700.
Os equipamentos mais conhecidos: Dermaroller e Dermapen

Microdermoabrasão
O que é? São os famosos peeling de cristal ou de diamante. Promevem hidratação, redução de acne e manchas, melhora da textura da pele, além de controle oleosidade. “Trata-se de uma esfoliação mais profunda, realizada por equipamentos”, comenta Helena.
Onde atua? Na face e no corpo, agindo em estrias e foliculite (pelos encravados).
Pra quem é mais indicado? Quem tem alterações citadas acima
Quanto custa? R$200, mas custa R$ 400 se incluir alguma máscara ou ácido.
Os mais conhecidos: “Existem diversos e em geral não se fala de nome de equipamentos. Fala-se mais em peeling de cristal ou peeling de diamante”, diz Helena.

Luz pulsada
O que é? “Luz pulsada é uma luz que tem afinidade por pigmento tanto de vasos quanto das manchas. Age destruindo os vasos e as manchas da pele”, explica Helena.
Onde atua? Em manchas, principalmente sardas e melanose, e vasos (telangiectasia)
Pra quem é indicado? Pra todas as pessoas que queiram eliminar vasos e/ou manchas da pele.
Quanto custa? De R$ 500, a sessão.
Os aparelhos mais conhecidos: Harmony, Icon, Reaction

Ultrassom
O que é? É uma onda mecânica com frequência acima de 20 kHz capaz que ultrapassa a pele e mostrar a localização de algumas estruturas dentro do corpo. Essa onda reflete nelas e volta. Em seu uso focado, pode quebrar gorduras e estimular o colágeno. Mas, se combinado a outras tecnologias, é capaz de tratar a celulite. Segundo o dermatologista Murilo Drummond, se nos referirmos aos aparelhos mais modernos e completos, trata-se de um estímulo pelo calor na derme provocando uma reorganização do colágeno e estimulando o que chamamos de neocolágeno, incentivando o rejuvenescimento e enrijecimento da pele.
Onde atua? Face e corpo.
Pra quem é mais indicado? Todas as pessoas que apresentem algum grau de flacidez.
Quanto custa, em média? Depende da área, de R$ 200 a R$ 500. “Lembre-se que há tipos elementares de ultrassom sem nenhum efeito, a preços bem mais baixos”, comenta Murilo.
Os mais conhecidos: “Precisamos entender antes que existem vários equipamentos com ultrassom, sendo perigoso então unificarmos esta informação”, comenta o dermatologista. E continua: “sugiro sempre que o paciente seja orientado por um dermato. Existem aparelhos de dez mil reais a 100 mil dólares”.

LEIA MAIS
+Peeling sem química? Sim, senhora!

Peeling físico e químico
O que são? “Produtos químicos, que aplicados, podem produzir um rejuvenescimento na pele, através de simples esfoliação até os mais profundos que chegam à derme, literalmente, trocando as camadas dela”, explica Murilo. O dermatologista explica que o peeling é feito pelas mãos enluvadas do médico. “O que varia são os componentes químicos, em geral associações contendo diversos ácidos”.
Onde atua? Basicamente na face, mãos e colo.
Pra quem é mais indicado? Pra quem necessita da renovação da pele com melhora de manchas e pequenas rugas.
Quanto custa, em média? R$ 400 a R$ 800, “dependendo do que for aplicado”, diz Murilo.

Implante facial ou preenchimento cutâneo
O que é? “O preenchimento cutâneo é uma técnica injetável para rejuvenescimento facial maioritariamente, muito utilizada nos últimos anos pelos incríveis resultados obtidos, com pouco risco, mínima dor e rápida recuperação, oferecendo maior conforto ao paciente”, explica o cirurgião plástico Eduardo Sucupira, da Clínica Essendi (RJ) www.clinicaessendi.com.br. De acordo com Eduardo, são utilizadas sustâncias biodegradáveis que até o mesmo corpo produz, como por exemplo o ácido hialurônico. “Consegue-se promover uma elevação das depressões pela sua característica de reter água e aumentar o volume do tecido mole fornecendo sustentação à pele”, ensina.
Onde atua? Pode atuar em muitos problemas e em diferentes áreas do corpo. “Principalmente no rosto, serve para elevar ou gerar um efeito lifting dos tecidos, que vão caindo com os anos e vão gerando aquela cara triste ou de cansaço pelo passar do tempo”, afirma. Além disso, suaviza ou até remove rugas superficiais, atenua os sulcos afundados e consegue aumentar o volume labial e melhorar cicatrizes.
Pra quem é mais indicado? Para todas pessoas com rugas, com perda de volume do rosto, com deficiências malares, lábios pequenos ou mal definidos, levantamento da ponta do nariz, definição do dorso nasal, acne, entre outros.