Guia de exercícios no pós-parto para melhorar o status da mulher

Resultado de imagem

Dependendo do tipo de parto e as possíveis intervenções que se tenham realizado em um parto, a condição do estado de a mulher pode ficar mais ou menos prejudicada. Queremos trazer uma série de exercícios no pós-parto que você precisará fazer para uma boa recuperação. Alguns exercícios servirão para o pós-parto imediato, outros para o tardio. Aconselhamos que o seu acompanhamento para melhorar o seu estado.

Após o parto normal, as semanas posteriores é normal sentir uma dor em seu assoalho pélvico. As dores na região inferior do abdômen também são comuns, semelhantes a quando você tem a menstruação e sente contrações no útero, até que vai voltando ao seu tamanho original.

Deve-se preocupar com a ferida do corte vaginal que normalmente se realiza durante o expulsivo. Pensa em limpar bem a área depois de defecar com algum tipo de gel especial. Posteriormente, lembre-se que você tem que secar bem a área para evitar infecções.

Em caso de cesariana deve saber que a ferida abdominal produz tensão e até mesmo dor durante os primeiros dias. Para uma melhor cicatrização tenha claro que a ferida deve estar o mais seca possível. Nas primeiras seis semanas pós-parto não deve fazer esforços que contraiam os músculos abdominais para que essa cicatriz fica, de alguma forma protegida.

Em geral, para que a recuperação seja boa, você deve fazer uma série de exercícios no pós-parto e em seguida apresentamos alguns deles.

Recomendações de exercícios no pós-parto imediato

Após o parto, o descanso é essencial. Você precisa de tempo para recuperar as forças e deixar que o útero volte ao tamanho inicial através de suas contrações próprias. É necessário fazer passeios de curta duração, atividades respiratórias, exercícios labirinto, para mulheres ou mover as pernas na cama para não sofrer estancamientos no sangue.

Que marcarte uma série de objetivos após o parto, tais como:

  • Ativar a musculatura do assoalho pélvico
  • Que a circulação do sangue segue o seu ciclo e não estagnar.
  • Ajudar na cicatrização do períneo ou no abdómen, dependendo se o parto foi natural ou por cesárea. Você tem que prestar uma atenção especial aos ferimentos.
  • Se acabará reduzindo a dor com o passar das semanas.

A partir da sexta semana, realiza exercício no pós-parto tardio

Depois de passar um mês e meio após o parto, poderá consultar com um especialista em Assoalho Pélvico ou fisioterapia. Este irá ajudá-lo na recuperação de seu assoalho pélvico depois de dar à luz. Fará uma avaliação do tônus, elasticidade de seus músculos, qualidade das contrações ou como está a cicatrização do diafragma pélvico.

Posteriormente, é necessário seguir uma série de exercícios no pós-parto e seus conselhos, para recuperar a força e seu tônus muscular. Existem três exercícios de pilates para grávidas que não devem faltar nessa recuperação. Você poderá fazer isso se o seu parto foi natural, como se foi por cesariana.

Exercício hypopressive com fitball

Mostrando image.png

Você deve deitar-se de barriga para cima com as pernas elevadas. Dobrarás os quadris e joelhos em um ângulo reto. Posteriormente, apoia os calcanhares sobre a fitball. Flexiona os tornozelos, e sobre as pontas dos pés à cabeça.

Você tem que olhar para a posição neutra de sua pélvis. Para eles, apoia o osso sacro e deixe uma pequena fresta debaixo de seus lombares. Os braços há que levá-los para trás com a flexão de punho e cotovelo.

Finalmente, alonga a sua coluna. Você deve esticar o pescoço na parte de trás, introduzindo o seu queixo para dentro.

Depois de registar, o movimento que faz é o seguinte: Enche os pulmões de ar. Ao largar, vazia seus pulmões até bloquear a entrada de ar pelo nariz e boca. Depois, estique a sua caixa torácica, sem aspirar o ar. Sentir as costelas vão se abrindo e seu abdômen se coloca. Mantenha a respiração por dez segundos. Depois você deve tomar ar e repita o exercício cinco vezes mais.

Ativação do core através de exercícios de pilates

Mostrando image.png

Para começar você deve estar de pé, com os tornozelos, mantendo uma separação ao longo da largura do quadril. Apoia suas mãos no fitball. Em seguida, dobra-se de forma clara as do joelho e verifique se a coluna e a pélvis ficam em posição neutra. Pode parecer complicado, mas você deve manter uma curvatura em seus cervicais e lombares.

Mostrando image.png

Os movimentos que você tem que seguir é simples. Você deve aspirar ar de maneira profunda e levá-lo para os lados de sua caixa torácica. Ao expulsá-lo, fecha as costelas e tenta colocar o umbigo. À vez, você tem que esticar a perna direita para trás e o braço esquerdo para a frente.

Em conclusão, trata-se de formar uma diagonal, mantendo o braço, a coluna e o pé alinhados. Posteriormente, deverá mudar de lado e fazer cinco repetições de cada lado.

Exercício no pós-parto para ativar o assoalho pélvico e o transverso abdominal

Mostrando image.png

Pense no que você deve sentar-se na bola grande e coloque os calcanhares por baixo dos joelhos para que a pelve fique em posição neutra. Deve notar como se esticam os isquios, os ossos das nádegas, e você tem que manter uma curva lombar, durante todo o tempo. Você pode apoiar a ponta dos dedos de sua mão em fitball.

Em relação ao movimento que tem que fazer, inspira profundamente e, ao expirar, você vai notar como se ativa a musculatura de seu piso pelviano. Você deve fechar as costelas, meter o umbigo e manter a contração. Além disso, eleva o pé, a dois centímetros do chão para que a pélvis não perca neutralidade.

Quando você faz essa atividade, você coloca em funcionamento os músculos de seu abdômen, e alargas a coluna para cima. Você vai notar o trabalho e você terá que repetir o exercício 10 vezes com cada perna.

Em suma, para melhorar o seu estado com exercícios no pós-parto, deve ir aumentando a freqüência e a intensidade de forma gradual. Recomenda-Se realizar este tipo de atividades, entre duas e três vezes por semana. Com essas rotinas recuperará o tônus da musculatura do assoalho pelviano.

Comenta no Facebook

Compartilhe isso:

Eu gosto de:

Me gustaCargando…

Leave a Reply